quarta-feira, 8 de abril de 2009

Mestre Oswaldo Duncan


O presente artigo que agora escrevo é uma homenagem ao mestre Oswaldo Duncan de Aguirre, não poderia deixar passar essa oportunidade, afinal de contas foi meu sensei na década de 80. Oswaldo Duncan Sensei lecionava naquela época na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, sendo responsável pela Cadeira de Karate do Instituto de Educação Física e Desportos, cuja Universidade se localiza na Rua São Francisco Xavier, 524 no Bairro Maracanã. Além da universidade também ministrava Karate na Associação Scholem Aleichem Cultura e Recreação (A.S.A), na Rua São Clemente, 155 no Bairro de Botafogo. Oswaldo Duncan Sensei foi um homem de temperamento dócil e energia serena, cujas características combinavam com a sua vocação pedagógica; pois me lembrava Gichin Funakoshi. Como sabemos Gichin Funakoshi também era professor e lecionava em escola na ilha de Okinawa. Gichin Funakoshi Sensei aliava sua técnica com sua formação pedagógica, motivo pelo qual seu Karate foi largamente aceito no Japão. O que sinto hoje será uma eterna gratidão ao Oswaldo Duncan Sensei, o qual através do Karate me conduziu por um caminho nobre e honrado. Porque através dos seus ensinamentos me guiou ao aperfeiçoamento do caráter e me ensinou também a importância de trabalhar o meu temperamento. Como ele costumava nos ensinar que nós deveríamos educar o nosso instinto agressivo, o qual está presente em todos nós quando nascemos, seja em grau maior ou menor variando de indivíduo para indivíduo. Porque devido à nossa natureza humana costumamos ter reações imprevisíveis que poderão se desencadear de acordo com as circunstância do dia-a-dia. Por tudo nesse mundo os homens entram em conflito e consequentemente acabam em confronto. E como ele sempre dizia:" a única coisa que estabelece uma dosagem na agressividade é a autoconfiança, o que falta na maioria dos homens". Com certeza isso é a mais pura verdade quando o homem permite ser escravo de seus instintos, de modo que às vezes acaba se comportando como um animal. No entanto, nem a ferocidade dos animais é descontrolada - como é observado pelos especialistas - pois os animais somente são ferozes quando precisam lutar ou buscar alimento, ou ainda defender o seu território. Mas quanto a nós como espécie humana precisamos educar a nossa natureza como seres racionais e pensantes que somos. E através de Oswaldo Duncan Sensei acabei amando o Karate como um modo de vida, cuja arte me deu inspiração para que eu acreditasse em mim mesmo. Em Karate me tornei um cavalheiro gentil e dócio, com o compromisso de ser para a sociedade uma pessoa melhor. Como Oswaldo Duncan Sensei dizia e como sempre gosto de dizer a todos quantos amo. "Vivenciar cada dia na certeza de que o mundo estará ao nosso lado enquanto nós pudermos oferecer o que há de melhor em nós como pessoa". O que sinto falta nos dias de hoje são mestres como Oswaldo Duncan Sensei e tantos outros que não se encontram mais entre nós. Infelizmente têm sido raro encontrar mestres como esses em nossos dias. Naquele tempo vi o Karate ser levado mais a sério por todos que treinavam, pois todos tinham bons mestres. Não quero dizer que hoje em dia não haja mais bons mestres, porque ainda existem os remanescentes os quais foram frutos desses bons mestres, é claro. Mas nos dias de hoje a muita promoção e eventos com o único propósito de estragar o Karate. São na verdade os descompromissados com a nobreza de ideais e valores, que deveriam ter a finalidade de formar o caráter de todo ser humano. Aqui eu deixo a minha homenagem ao mestre que me ensinou a amar e respeitar à vida e ao próximo. Oswaldo Duncan Sensei é para mim fonte de inspiração para prosseguir o caminho das mãos vazias guardando e observando o espírito do Karate. Também gostaria de agradecer a Ana Cristina de Aguirre, filha de Oswaldo Duncan Sensei , por ter cedido gentilmente uma fotografia de meu sensei para que eu pudesse escrever esse artigo. Como disse *Muniz Sodré, uma certa vez, Oswaldo Duncan é, além de tudo isso, um excelente amigo - desses que *cavalgam ventos e tempestades.

Por Rogério Santos Sensei 4º dan em Karate Shotokan

*Muniz Sodré, professor-adjunto da Universidade Federal Fluminense e professor assistente da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

*A expressão cavalgar ventos e tempestades - a qual se refere Muniz Sodré a Oswaldo Duncan - é uma aluzão à expressão que circulava na China tradicional. Porque assim eram conhecidos os bravos praticantes de artes marciais no passado.

62 comentários:

  1. Obrigada, Rogério. Muito me sensibiliza toda sua gentileza na solicitação da foto e nos comentários sobre os ensinamentos de papai. Mais ainda, saber que, até hoje, é lembrado por homens de bem que lhe reputam a semente que os ajudou na formação de seus grandes caráteres. Tenho certeza que esta sempre foi a intenção dele, tão apaixonado pelo karatê e por seus discípulos.
    Eternamente grata,
    Ana Cristina Aguirre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Ana Cristina, gostaria de enriquecer um pouco mais a página sobre Mestre Duncan na Wikipédia. Para tanto, solicito que informe, por favor, as datas e locais de nascimento e de falecimento de seu saudoso pai e nosso querido professor.

      Excluir
    2. Ola, Ana guirre!!! Não a conheço pessoalmente mas ler seus comentários aqui, fez me perceber que você é filha de um homem que através de um livro que comprei na Ediouro aqui em São Paulo, fez-me um amante eterno desse esporte e caminho das mãos vazias.Aprendi com os livros de seu pai muito sobre o Karatê e em um de seus livros, "karatê para principiante", bem no começo do livro, ele falava sobre o "espirito do karateca" e aqueles princípios carrego até hoje em meus 45 janeiros de vida. Deixo aqui minha saudação, na linguagem dos guereiros: "OSS"

      Excluir
    3. Sensei Rogerio, muito obrigado por falar sobre Sensei Duncan. Fiquei emocionado pelas lembranças de minha vida vendo-me com 12 anos de idade, dentro de um kimono ( karate-gui) e folheando com amigos da academia em 1982 o livro "karatê para principiantes". Época de ouro para mim. Meus comprimentos! OSS

      Excluir
  2. Mais uma vez muito obrigado por sua gentileza. É uma honra receber sua colaboração de alguém tão honorável quanto o pai, sensei Oswaldo Duncan.

    ResponderExcluir
  3. Oi Oswaldo Duncan tudo bom?
    meu tio tinha um livro do Sonhor e como eu faço karate ou fazia ele me deu naquela epoca então fiquei muito curioso para lhe conhecer um pouco mais. Mais eu não tinha internet e agora eu tenho e por isso tenho a possibilidade de saber um pouco mais sobre o senhor eu gostaria de falar com o senhor se fosse possivel por isso lhe envio o meu E-mail
    eriquigb@hotmail.com
    muito obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Erique! Seja bem-vindo ao meu blog. Gostaria de esclarecer meu nobre amigo que não sou o Oswaldo Duncan. Me chamo Rogério Santos Sensei e já fui aluno do Mestre Oswaldo Duncan. Aqui faço apenas uma homenagem ao meu mestre. Um forte abraço meu amigo. Oss!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tenho 24 anos e interesse em aprender uma arte marcial para melhorar meu físico e diminuir minha ansiedade.
    Estou muito velho para começar?
    Gostaria de saber qual academia você recomenda aqui no Rio de Janeiro. MOro em Copacabana.
    Um abraço,
    Paulo Abelha

    ResponderExcluir
  6. Olá,Abelha! Boa noite meu caro, muito obrigado pela sua presença. No Karate pode ter certeza que para você não está tarde. Provavelmente você poderá encontrar alguma dificuldade quanto à sua flexibilidade, mas não se desespere, pois com certeza poderá superar com dedicação e disciplina. O mais importante é acreditar em você mesmo, porque em cada exercício encontrará a verdade sobre si mesmo. Mesmo que haja dificuldade no domínio das técnicas. Assim aprendi e continuo aprendendo até hoje. Saiba que o domínio completo do seu Karate é idêntico à distância que você tem para o céu. O Karate tem início, mas não tem fim, saiba que você todo os dias aprenderá novas lições para todas as áreas da sua vida. E quanto a uma boa escola de Karate visite algumas acadêmias e conheça os mestres que lá encontrar. Procure conhecê-los e veja se é bom para você. Atualmente, não tenho contatos com os mestres atuais, pois sou da velha guarda. Hoje em dia pratico Karate como o meu modo de vida com apenas poucos alunos, pois o Karate não é minha fonte de renda e sim minha paixão. Um forte abraço, oss!

    ResponderExcluir
  7. Na decada de 1990 eu comecei meu estudo em artes marciais começando pelo Karatê. Li um livro de Oswaldo Sensei que me ajudou muito no aprendizado. Sei bem o que é o problema da falta de bons professores hoje em dia... Parabens pelo seu blog, pessoas com intensões louváveis são necessarias quanto raras no mundo atual. "OSS"!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Tatsujiraya! Muito obrigado pelo seu comentário e sua presença. Seja sempre bem-vindo. Como meus cumprimentos meu irmão de arte. Oss!

    ResponderExcluir
  9. Ola Sensei Rogerio... O Sensei Oswaldo Duncan, foi meu Mestre, e devo tudo que sou em karatê hoje, a esse homem de carater brilhante, cujo a persistencia e a dedicação são as marcas de um verdadeiro mestre de karatê.
    Após muitos anos, não lembro se o Sensei mencionou sobre o mestre que o ensinou karatê. Dado o fato, gostaria de saber, se vc pode me responder, o nome do Sensei treinou o Sensei Oswaldo Duncan, qual a linhagem do meu karatê, nosso Karatê!
    Fico no aguardo...
    Frederico Furlanetto
    Faixa Preta 3º Dan
    Karatê Shotokan (Duncan)

    ResponderExcluir
  10. Fui aluno do Dunkan em 1967 e depois em 1973/74. 66 na acamia Brito na rua Teixeira de Melo em Ipanema e 73/74 na Barata Ribeiro corbertura.

    ResponderExcluir
  11. Olá,meu irmão de arte! Saudações, seja bem-vindo. É muito bom conhecer outros discípulos do mestre Duncan. Oss!

    ResponderExcluir
  12. Fred sobre o que você quer saber respondi em o espírito do Karate. Um forte abraço, Oss!

    ResponderExcluir
  13. Desejaria saber se o Sensei Oswaldo Duncan ainda está presente entre nós uma vez que observei que uma de suas filhas foi quem respondeu o artigo acima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Drusus! Infelismente Oswaldo Duncan Sensei já faleceu faz um tempo. Oss!

      Excluir
  14. Olá, Keevlin! O livro que você tem não é meu, e sim de oswaldo Duncan Sensei. Quem escreve esse artigo é Rogerio Santos Sensei, discípulo do referido mestre. Porque pelo tom da sua frase entendo que você acha quem escreve é Oswaldo Duncan. Um forte abraço meu irmãozinho de arte. Oss!

    ResponderExcluir
  15. Tenho desde a faixa branca até hoje em minha estante o livro de Katas do Karate Shotokan escrito pelo Sensei Owaldo Duncan. Por isso, mesmo sem saber, foi indiretamente, meu sensei também.
    Muitos autores da mesma editora foram tidos como charlatães. Sensei Oswaldo Duncan foi dos poucos que nunca teve a imagem maculada.
    Não prossegui com o Karate dentro do dojo, pois minha saúde não mais me permite, mas prosseguirei com o Karate por todos os dias de minha vida.
    A ele e ao autor deste blog, há apenas uma coisa que posso dizer, e que por sí só, já é suficiente para que qualquer karateka ou praticante de artes marciais japonesas entenda, pois essas três letras encerram em si todo o meu cumprimento a ambos: OSS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcell Sensei! Muito obrigado pela sua presença no meu e seu dojo virtual. Seja sempre bem-vindo meu irmão de arte. Desejo que um milagre de nosso Deus Criador lhe conceda saúde para você se aventurar novamente com todo o vigor no Karate. Com meus cumprimentos, oss!

      Excluir
  16. Rogério,
    Ex (e põe ex nisso) karatecas também choram. Foi o meu caso ao ler sua homenagem ao eterno Sensei Duncan. Fui seu aluno na época dessa foto cedida por sua filha. Acho que foi na época da academia na Lagoa, ou na de Copacabana. O Sensei jamais saiu de minha vida, principalmente pelo lado filosófico e espiritual que dava ao Karate. Visitei-o, depois de muito tempo, na academia da São Clemente, e ele, sorrindo, me reconheceu: "- Gordal!!!" (apelido que me dera enquanto honrosamente fui seu discípulo).
    Fortaleço-me, em sua companhia, em tê-lo como essa lembrança importante da vida.
    Um abraço e sucesso,
    Fernando

    ResponderExcluir
  17. Olá, Fernando! Muito obrigado pelo seu comentário,pois o mesmo é para mim edificante. Me sinto honrado em conhecer mais frutos e discípulos de Oswaldo Duncan Sensei.Fernando essa homenagem que faço ao nosso amado e saudoso mestre é devido à falta de depoimentos que enobreçam o mestre. Pois em minhas pesquisas nada encontrei além da literatura marcial que ele deixou para nós. Que inclusive os seus livros, alguns ou tudo, já deve estar fora de catálogo. Alguns sites sobre Karate já comentaram algo sobre ele, mas infelizmente nada sabiam a respeito dele, como também fugiam do assunto e tema proposto. Logo tudo que sabia a respeito desse ilustre homem pus a conhecimento do público amante do Karate. A você honorável e nobre amigo e irmão de arte, desejo também sucesso. Saiba também que você não é um Ex-Karateka, o Karate é como água fervente, com falta de prática a água esfria. Mas é só praticar e fazer a água ferver novamente, assim dizia Gichin Funakoshi Sensei. Com meus cumprimentos,oss!

    ResponderExcluir
  18. Oi pessoal. Acabei de encontrar esse site agora. O Duncan foi meu amado professor de Carate quando comecei aos 8 anos de idade na Academia Britto em Ipanema atravez do meu irmao Claudio Pereira. Como ja tinha aprendido ate o terceiro cata, o Duncan me deu a faixa amarela para comecar. Ele me apelidou de "pinguilim" e todas as demonstracoes de carate ele fazia o jiukomite comigo. Passou muitas ferias com minha familia em nossa casa em Miguel Pereira quando vinha com sua familia (Oswaldinho, Ana Cristina, esposa). A perda do seu filho Oswaldinho foi um acontecimento tragico para todos nos. Nessa epoca o Duncan dirigia um 'Interlagos' conversivel....Aos Sabados ajudava ele a dar aula nos Fuzileiros Navais na Ilha do Governador...nessa epoca tinha uns 10 ou 11 anos de idade e me lembro como se voce ontem quando eu, Duncan e meu irmao Claudio iamos no seu Sinca Tufao. Me lembro do cheiro de naftalina na academia, 'ponteiro' que avisa ao Duncan quando chegava o Juiz de Menores na academia. O Duncan, Paulao e Angelo Antonio me escondiam no telhado da academia. Duncan foi meu idolo, e tenho certeza que eu era o orgulho dele na academia.
    Ainda tenho a revista 'Fatos & Fotos' com fotos nossa na Academia. Me lembro que estava sorrindo em uma das fotos e o Duncan ficou p...da vida comigo.
    Abracos a todos os Caratecas.
    Sergio C. Pereira

    ResponderExcluir
  19. Oi pessoal,
    Meu irmao Renato tirou essa foto do Duncan. Foi no comeco da Avenida Niemayer no Leblon. Tenho fotos minhas tambem no mesmo lugar. Tenho que procurar e mandarei.

    ResponderExcluir
  20. Olá,Sérgio Pereira! Seja bem-vindo irmão de arte. Com meus cumprimentos Oss!

    ResponderExcluir
  21. Ola Rogerio....fiquei extremamente sensibilizado.... fui aluno do Mestre Duncan, na decada de 1970....sendo seu aluno, amigo e ajudante em muitos anos, quando residia perto do Maracanã.... foi ele que me entregou a faixa preta... onde seus ensinamentos me deram destreza e educação...conheci o Mestre por intermedio de meu pai que era lutador de judo e amigo de outro mestre Haroldo Brito, em Ipanema...onde o Mestre Ducan ministrava seus cursos... foi com ele que na decada de 1968 ate 1972, aos 17 anos... conseguiu que a pratica das lutas marciais não me levasse para um outro lado na vida.... aos que frequentavam a Tijuca e suas academias, irão lembrar de fatos que são recordaçoes inesqueciveis.... Obrigado e muito sensibilizado pela sua declaração.... Paulo Cezar Fernandes ( apelido na Tijuca Paulinho Karate...dado pelo Mestre e que ficou impregnado na minha alma ) e-mail pcmf@superig.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá,Paulo Cezar! Me sinto honrado por sua presença, pois conhecer discípulos do mestre Oswaldo Duncam é sempre bom. Fico grato pelo seu comentário. Desejo que esse artigo seja uma referência a todos os que conheceram o mestre ou simplesmente àqueles que desejam conhecer quem foi ele. Em memória ao mestre Oswaldo Duncan. Um forte abraço com muito kime, Paulinho Karate. Oss!

    ResponderExcluir
  23. Oswaldo Duncan sensei foi uma das maiores inspirações que tive quando criança. Um verdadeiro pioneiro para o crescimento do Karatê ensinado por brasileiros! aos seus alunos, meus cumprimentos.
    Oss.

    ResponderExcluir
  24. Olá, Renato! Muito obrigado pela sua contribuição em memória à pessoa de Oswaldo Duncan. Com meus cumprimentos, oss!

    ResponderExcluir
  25. Olá, Eduardo! Os livros de Oswaldo Duncan Sensei, sempre foram publicados pelas edições de ouro. Hoje não sei se a editora continua publicando seus livros, pois devem ter virado catálogo devido ao tempo. Eu mesmo procuro alguns desses livros mas tem sido difícil, mas é possível em alguma livraria, brechós ou sebos encontrar de repente alguma coisa como eu mesmo já achei. com meus cumprimentos, oss!

    ResponderExcluir
  26. Grande Mestre Duncan! Fui seu aluno na Academia Brito em Ipanema por volta de 1973. Figura inesquecível. Lendo os comentários soube que nos deixou. Estou certo que, lá no alto, ele ainda brilha. Obrigado por tudo, Mestre Oswaldo Duncan!

    ResponderExcluir
  27. Olá, Carlos Alberto! Saudações, irmão de arte. Sempre Duncan. Oss!

    ResponderExcluir
  28. oswaldo duncan ,nome muito forte que me traz recordações de minha infância , pois desde criança fui apaixonado por karatê, e foi este meu primeiro livro de karatê , (karatê sem mestre de oswaldo duncan ), soube que partiu para outro plano , mas sempre vai estar vivo em nossa memória mesmo pra mim que não tive o prazer de conhece-lo pessoalmente vlw sensei oswaldo duncan oss

    ResponderExcluir
  29. Como karateca que somos, é muito importante manter a memória de Oswaldo Duncan Sensei,principalmente quem foi seu discípulo. Oss!

    ResponderExcluir
  30. Olá Sensei Rogério Santos! Gostaria muito de poder manter contato com o sr e os antigos alunos do mestre Oswaldo Dunkan! tenho algo muito legal p compartilhar com vcs! meu e-mail é: gomesalice679@gmail.com e meu face book é
    https://www.facebook.com/alice.gomes.5011516
    ficarei muito, muito feliz em falar com vcs! Oss!

    ResponderExcluir
  31. Olá, Alice! Muito obrigado pelo contato, seja bem-vinda em nosso blog. Com meus cumprimentos. Oss!

    ResponderExcluir
  32. Oi, Sensei Rogério! Fui aluno do mestre Duncan nos anos 70 na Uerj. Nessa época fui apresentado a ele pelo meu sensei de nome Dininho, porque morava no Maracanã. Nessa época o mestre Duncan usava um kimono preto, cheguei a ter um livro dele. E o mestre Duncan é querido até hoje.Moro em Teresópolis, depois de 30 anos sem treinar voltei agora e quando falei que fui aluno do Duncan o pessoal da academia gostou e os da antiga só falam bem dele.O meu sensei atual é o Dedé Machado.
    Grande abraço! Oss

    ResponderExcluir
  33. Olá,Paulo! É sempre bom conhecer discípulos do mestre Duncan. Oss!

    ResponderExcluir
  34. Namastê, Rogério! Descobri essa sua página e me emocionei muito. Tenho a lhe contar uma parte da vida do mestre, que poucos conhecem. Senti saber, com certeza, que ele já está em outro plano, mas eu já pressentia. Escreva-me e poderei contar-lhe muita coisa. Acompanhei uma parte da vida dele. É uma das lembranças mais gratas de minha vida.
    Com respeito e admiração,
    Maria Luiza Silveira Teles
    e-mail: mluizateles@gmail.com
    URL: www.mluizateles.com
    Blog: poesiauniversaldalu. blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Olá, Maria! Saudações, muito obrigado pela sua presença. é uma honra sempre conhecer pessoas que conheceram o mestre. Seja sempre bem-vinda, oss!

    ResponderExcluir
  36. Olá Rogerio. Estou tentando descobrir onde e quando o Duncan pegou a faixa preta. Vc por acaso saberia dizer ? Também não lembro o ano que passou no Japão e quanto tempo. Abs. Oss !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu amigo! Bom, quanto à sua formação e ida ao Japão, infelismente não tenho informação. Oss!

      Excluir
    2. Eu lembro das fotos dele treinando na neve no Japão.

      Excluir
  37. Em 1976 comprei o livro karatê sem mestre, em uma livraria aqui em recife. foi a porta de entrada para essa arte marcial tão nobre e tão linda. jamais esquecerei meu mestre!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Eramos! Satisfação pela sua presença e comentario. Oss!

      Excluir
  38. caro mestre Rogerio,

    Estou tentando reenviar esse post.
    Fiquei muito emocionado em. Encontrar esse link pois fui u discípulo por cerca de nove anos do mestre Duncan, na academia de Copacabana, na Barata Ribeiro.
    Infelizmente tive que largar o Karatê e nunca mais conseguir encontrar outra academia com a mesma paz e harmonia que encontrei naquela época.
    Por isso lhe peço se poderia me ajudar a reencontrar o Karatê Shotokan que deixei no passado.
    Gostaria de deixar o meu email a sua disposição para que meu auxilie nesse regresso.
    OSS!

    ResponderExcluir
  39. sensei Rogerio, gostaria que me ajudasse a voltar ao Karate!
    fui aluno do mestre Duncan, na academia de Copacabana por muitos anos.
    infelizmente tive que abandonar e quando quis voltar nunca encontrei uma academia que trouxesse a paz e harmonia que o mestre Duncan nos passava.
    poderia me orientar nessa volta?
    moro em Copacabana e hoje aos 51 anos adoraria retornar.
    meu e-mail é waldemar.stefan@hotmail.com.
    grato por sua atençāo
    OSS!

    ResponderExcluir
  40. Olá, Waldemar! Muito obrigado pela sua presença meu amigo. Acabei de postar uma mensagem para você. Espero que possa ser útil como orientação. Com meus cumprimentos oss!

    ResponderExcluir
  41. Fiquei emocionado ao ver esse blog, comprei alguns livros do sensei Oswaldo Duncan na década de 80, onde conheci essa nobre arte, cheguei a praticar durante 8 anos aqui em Belém, porém os caminhos da vida me afastaram do Karatê, hoje aos 45 anos retonei a prática do Karatê e espero não parar mais.
    Um abraço Sensei Rogério e um Oss ao Sensei Oswaldo Duncan que está em outro plano.

    ResponderExcluir
  42. Olá, Hesmirel! Saudações, seja bem-vindo, fico feliz em saber que voltou aos treinos. Pode ser difícil a volta, mas não desista. Tenho estudo, pratica e treino de Karate, você vai conseguir
    Com meus cumprimentos, oss.

    ResponderExcluir
  43. Hesmirel, logo acima quiz dizer tenha um bom estudo, prática e treino, desculpe-me. Oss!

    ResponderExcluir
  44. FUI ALUNO DELE NA ACADEMIA BRITO EM IPANEMA E INAUGURAMOS A PARTE ESPORTIVA DA UERJ(UEG). FORAM 10 ANOS DE UM OTIMO APRENDIZADO PARA O KARATE ASSIM COMO PARA A VIDA COM SUA FILOSOFIA DE VIDA. VISUALIZO SEMPRE SUA FIGURA EM MINHA MEMÓRIA. QUE SAUDADES DAQUELA ÉPOCA EM QUE EU ADORAVA IR A ACADEMIA PRIMEIRO EM IPANEMA DEPOIS EM COPACABANA NA BARATA RIBEIRO. MESTRE TENHO MUITAS SAUDADES , OBRIGADO POR TUDO.OSS.

    ResponderExcluir
  45. Olá, Helton! Realmente sentimos saudades desse grande mestre. Oss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  46. Olá Sanei Rogerio, fiquei muito feliz com esta homenagem ao inesquecível Sansei Oswaldo Duncan, fui seu aluno na UERJ, de 1975 a 1978, certamente o Karatê brasileiro deve muito a este professor que pautou sua vida com base na ética profissional e como Carateca foi impecável, dando sempre ênfase a filosofia. Parei com os estudos práticos do Caratê, por ter passado no vestibular e a faculdade e era à noite e eu trabalhava durante o dia, assim não tive outra opção.
    Ao abandonar já estava graduado com a faixa roxa. Um dos ensinamentos que nunca esqueci fornecido pelo Duncan foi de grande valia pra minha vida, já enquanto morava no Rio fui vitima de três assaltos. Em todos eles percebia claramente que tinha condição de reagir e me sair bem, quando o ouvia em minha mente as orientações do Mestre em suas preleções:
    “NUNCA REAJA A ASSALDO, VOCÊ PODE SER O MELHOR KARATECA DO MUNDO, O ASSALTANTE SO PRECISA E APERTAR O DEDO. VÁ LÁ QUE VOCÊ NÃO ME ESCUTOU E REAGIU CONSIGUDO DOMINAR O BANDIDO, MAS NA LUTA TEVE A INFELICIDADE DE QUEBAR UM DENTE, O PREJUIZO COM CERTEZA SERÁ BEM MAIOR QUE OS BENS ENTREGUES, SEM FALAR DO RISCO DE COLOCAR SUA VIDA EM JOGO. SAIR EM LUTA CORPORAL COM BANDIDO É COISA FILMES DE BRUCE LEE, FANTASIA DO CINEMA”.
    Este era o meu inesquecível mestre, cidadão decente, homem honrado, amigo de verdade a quem amei muito.

    ResponderExcluir
  47. Olá, Telmo! Muito obrigado pela sua presença e pelo seu testemunho de praticante de Karate. Parabéns. Com meus cumprimentos, oss!

    ResponderExcluir
  48. Olá Rogério Santos Sensei, é muito emocionante para mim, descobrir outros discípulos do nosso GRANDE MESTRE Duncan, fui seu aluno na UEG, depois UERJ, a partir de 1973, tendo recebido das mãos dele minha faixa preta em 1980. Hoje meu filho de 08 anos de idade é faixa verde e o seu mestre, José Carlos, me lembra muito nosso Grande Mestre. Meu testemunho é que tudo que lí acima é a mais pura verdade, não tenho palavras para descrever a admiração, orgulho, carinho e Amor pelo nosso Grande Mestre. OSS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernando Raposo! Bom dia! Muito me alegra saber que discípulos como você guarda a memória do nosso mestre. Para você e seu filho deixo os meus cumprimentos, oss!

      Excluir
    2. Olá, Fernando Raposo! Bom dia! Muito me alegra saber que discípulos como você guarda a memória do nosso mestre. Para você e seu filho deixo os meus cumprimentos, oss!

      Excluir